O ex-presidente da Fifa João Havelange continua hospitalizado em estado grave no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio de Janeiro, por uma infecção bacteriana no tornozelo direito, segundo boletim divulgado nesta terça-feira.

O dirigente esportivo de 95 anos foi internado na noite do último domingo no hospital e foi tratado inicialmente com antibióticos por via venosa, já que os médicos não estavam muito seguros do diagnóstico.

De acordo com o boletim médico divulgado nesta terça, os exames e a avaliação de mostras hematológicas permitiram confirmar que Havelange sofre de uma “infecção bacteriana grave (artrite séptica), com celulite no tornozelo direito, comprovada através de culturas do sangue”.

Familiares admitiram que o dirigente sofreu há poucas semanas uma torção no tornozelo, o que pode ter originado a infecção. O médico particular do dirigente, o cardiologista João Mansur Filho, citado no boletim médico, reiterou que “o estado clínico do Presidente de Honra da Fifa é grave e inspira cuidados”.

O hospital informou ainda que por enquanto não há previsão de alta para Havelange, que comandou o futebol mundial durante 24 anos, de 1974 até 1998.

O ex-presidente da entidade máxima do futebol mundial já havia sido hospitalizado em maio de 2010, também por uma infecção, e em 2006 passou por cirurgia para a implantação de marcapassos.

O dirigente alegou em dezembro do ano passado motivos de saúde para justificar sua renúncia como membro diretor do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Exames indicam infecção bacteriana, e Havelange continua em estado grave

Sem mais artigos