Os organizadores do WQS prime de Açores acordaram com muitos problemas nesta sexta-feira (13). A falta de ondas fez com que algumas etapas fossem adiadas e obrigaram a criação de baterias duplas neste sábado (14).

A criação de baterias duplas aconteceu para cumprir o cronograma do campeonato que deve se encerrar até no máximo domingo (15).

Apesar da medida adotada, os organizadores seguem preocupados, pois ainda faltam 60 baterias para o encerramento da competição masculina e caso o mar continue sem onda, ela não terá como prosseguir e os pontos e premiações serão divididos.

A etapa portuguesa é importante para definir quem serão os dez surfistas que vão completar o grupo dos top 32 do WCT. Heitor Alves, Raoni Monteiro e Wiggolly Dantas são os brasileiros da lista.

Falta de onda prejudica etapa dos Açores do WQS

Sem mais artigos