Roger Federer passa por dificuldades financeiras, ao menos quando necessita de poder aquisitivo para comprar toalhas. Ao ser entrevistado por Jim Courier depois de um dos jogos, o suíço admitiu que rouba os artigos das partidas.

“Vou dar as toalhas, porque todos os meus amigos querem e me pedem. Fico com uma, no máximo”, afirmou Federer.

Só no Aberto da Austrália desta temporada, o suíço já levou para casa 20 toalhas a pedido de seus amigos.

O mais impressionante é que cada toalha custa 55 dólares australianos, ou seja, R$ 91. Se multiplicar a quantidade roubada este ano, 20, o valor total que Federer pegou foi de R$ 1820, nada perto dos mais de R$ 100 milhões faturados só em premiação pelo atleta.

Sem mais artigos