Depois de sua passagem pelo Brasil, Roger Federer foi à Argentina e não poupou elogios a Messi e Maradona. Durante entrevista coletiva, o suíço demonstrou alegria por ter sido colocado no mesmo nível dos craques do futebol.

“É um orgulho estar no mesmo nível que eles”, disse pouco antes de evitar comparações entre esportes. “Fazemos coisas diferentes, eu uso as mãos e as pernas para jogar”, afirmou.

Logo depois de agradecer o carinho, Roger Federer, que posou com uma pequena camisa argentina escrita Messi nas mãos, manteve a humildade.

“Muitos me veem como um super-herói, mas sou uma pessoa normal”, finalizou.

Sem mais artigos