A recente declaração do técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, torcendo para que Felipão tivesse visto o lance de Paulo Henrique Ganso ao quase marcar um golaço no empate por 1 a 1 com o Botafogo, no último domingo (24), no Morumbi, não caiu bem para o comandante da seleção brasileira. Presente em evento realizado nesta segunda-feira (25) no estádio tricolor, o treinador reagiu de uma forma ríspida ao ser questionado sobre a bonita jogada do camisa 8.

“Eu vejo tudo que puder no campeonato, mas a escolha é minha. Eu ouço, mas escolha é minha. Eu não escalo o time dos outros”, resumiu Felipão, ao falar da jogada em que Ganso invadiu a área do Botafogo, passou a bola por debaixo das pernas de um dos adversários e acertou a trave em um toque de cobertura (veja no vídeo abaixo).

Convocado pela última vez para defender a seleção brasileiro nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quando o Brasil era dirigido por Mano Menezes, Ganso, mesmo sendo considerado um dos atletas mais promissores da nova geração do futebol brasileiro, jamais foi convocado por Luiz Felipe Scolari.

Porém, mesmo sem chances com Felipão desde o retorno do treinado ao comando da seleção, Ganso está sendo observado, assim como boa parte dos atletlas que atuam no país, segundo o técnico.

“Futebol brasileiro eu estou vendo todos os jogos do final de semana. Eu quatro, o Parreira quatro e o Murtosa quatro. Depois disso nós conversamos e vemos, tipo: ‘fulano de tal, nada. Sicrano, mais ou menos’. Dai juntamos tudos e tiramos nossa avaliação. No futebol brasileiro eu não me preocupo, pois vejo todos os dias. Lá fora eu vou, em um determinado espaço, ou por emergência, ver dois ou três atletas com possibilidade de convocar”, concluiu.

Caso Felipão queira testar Ganso na seleção, a única oportunidade antes da divulgação da lista oficial de convocados para a Copa do Mundo será em março, quando o Brasil enfrentará a África do Sul em Johanesburgo. Os 23 nomes que disputarão o Mundial de 2014 serão revelados no dia 7 de maio do ano que vem.

Veja no vídeo abaixo a resposta de Felipão ao ser questionado sobre Ganso:

Sem mais artigos