O técnico Luiz Felipe Scolari jogou um balde de água fria na expectativa da torcida palmeirense nesta quinta-feira (23). Na entrevista coletiva após o treino, Felipão mostrou pessimismo quanto a contratação do atacante argentino Alejandro Martinuccio, que disputou a final da Taça Libertadores pelo Peñarol.

“Esquece o Martinuccio. Pelo que a gente tem falado, não tem a mínima possibilidade. Eu já disse que nem observei só esse jogador nas finais, olhei os times em geral. Em princípio, dentro dessas condições, não temos situação nenhuma envolvendo ninguém do Peñarol. Pelo que tinha visto, é bom jogador, mas pelo que nos foi passado, a chance é zero”, disse o técnico.

Felipão também falou sobre a chegada de Maikon Leite, que deve se apresentar na sexta-feira. Para o técnico do Palmeiras, o jogador chega para brigar por uma vaga no time titular como segundo atacante.

“Eu vejo o Maikon jogando pela direita ou pela esquerda, sempre indo para dentro. Não vejo como um 9, como jogador de área, mas de velocidade, sempre sendo lançado, dando dribles e fazendo gols. Ele vai disputar uma posição como segundo atacante, jogando pelas pontas. Teoricamente, é o espaço do Wellington, do Adriano, do Luan e até do Tinga, quando ele joga pela direita. Na minha cabeça, ele vem para compor o grupo”, encerrou.

Sem mais artigos