Um dia depois que o jornal britânico Daily Mirror divulgou a intenção do Manchester United de negociar o atacante Wayne Rooney, o técnico da equipe inglesa, Alex Ferguson, veio a público nesta sexta-feira desmentir a informação e garantir que o jogador continuará no clube na próxima temporada.

“(Rooney) Estará aqui no próximo ano, vocês têm a minha palavra”, prometeu o treinador escocês, que concedeu entrevista coletiva prévia ao jogo de quartas de final da Copa da Inglaterra, no próximo domingo, contra o Chelsea.

Na última terça-feira, o jogador de 27 anos permaneceu quase todo o tempo no banco de reservas durante a derrota por 2 a 1 para o Real Madrid, que marcou a eliminação do United na Liga dos Campeões. A situação, incomum na carreira do camisa 10, fez crescer os rumores sobre possíveis desavenças entre ele e Ferguson.

“Não há nenhum problema entre Rooney e eu. Sugerir que não conversamos não faz sentido”, salientou o técnico, que garantiu que a decisão de deixar o atleta no banco foi puramente técnica.

“Ele (Rooney) entendeu as razões perfeitamente. Taticamente, acertamos. Não fazemos isso sempre, mas dessa vez, sim”, acrescentou.

Sem mais artigos