O atacante espanhol Fernando Torres, do Chelsea, afirmou nesta quinta-feira que não comemorará caso marque gol contra o seu ex-clube, o Atlético de Madri na decisão da Supercopa da Europa, que acontecerá em Mônaco.

“Não poderia haver jogo mais especial para mim”, disse o atacante. Aos 28 anos, Torres se profissionalizou aos 17, vestindo a camisa da equipe da capital espanhola.

“Os torcedores do Atlético sabem que sou um deles. Passei 12 anos da minha vida ali”, ressaltou ‘El Niño’, em entrevista coletiva realizada em Mônaco, onde as duas equipes se enfrentarão às 15h45 (horário de Brasília) desta sexta-feira.

Apesar de admitir a importância pessoal de encontrar sua ex-equipe, Torres afirmou que dentro de campo a coisa muda. “Meu único objetivo é ganhar a competição. Temos que derrotar o Atlético, portanto terei que me separar desses sentimentos que carreguei durante toda minha vida”, afirmou.


Sem mais artigos