A Fifa e a Interpol (polícia internacional), mostraram sua confiança em relação ao plano de segurança apresentado pelos Serviços de Polícia Sul-Africanos (Saps, na sigla em inglês) para a Copa do Mundo deste ano, após uma série de reuniões nos últimos dois dias.

“A Fifa tem plena confiança na África do Sul. Vimos na Copa das Confederações de 2009 que houve boa organização, e agora é o momento do país demonstrar sua capacidade para o Mundial”, disse o presidente da Fifa, Joseph Blatter, em Zurique.

“A segurança é um assunto do governo, e recebemos as garantias necessárias. Não há razão alguma para duvidar. A Copa é para diversão, e estou convencido de que teremos uma festa maravilhosa na África do Sul”, acrescentou.

O comissário nacional da polícia sul-africana, Bhekokwakhe Zele, disse que “todo o mundo está de acordo que será um magnífico torneio”.

“O pessoal da área de segurança apoiará equipes, torcedores e participantes para garantir que desfrutem de um grande torneio. Recebemos uma opinião positiva das delegações das seleções”, explicou Zele.

Brian Minihane, diretor de serviços de apoio da Interpol, destacou também a “importância da reunião do grupo de trabalho para o planejamento de todos os aspectos ligados à segurança” durante a Copa.

Sem mais artigos