O piloto alemão Nico Rosberg não poderá prestar sua homenagem completa à seleção da Alemanha durante o GP de Fórmula 1 deste domingo (20), em Hockenheim. Apesar de ter anunciado na última terça (15) que usaria um capacete estampando a taça da Copa do Mundo e as quatro estrelas dos títulos conquistados pelos alemães (clique aqui e relembre), o líder da temporada foi impedido pela Fifa de exibir a imagem do troféu em seu adereço.

“Uma pena. Eu gostaria muito de ter levado o troféu em homenagem aos caras, mas é claro que eu respeito essa situação jurídica”, escreveu o piloto em seu Twitter.

O veto da Fifa veio após o departamento de imprensa da entidade confirmar que esteve em discussões com o staff de Rosberg a respeito da utilização do capacete, Ambos chegaram a conclusão de que ele pode mostrar seu apoio pela Alemanha de outras formas e sem um contexto comercial.

Com isso, o piloto irá usar uma nova versão do acessório, que já estava com a taça desenhada. No modelo novo, o capacete do piloto da Mercedes terá apenas as estrelas indicando os anos dos títulos mundiais da Alemanha (1954, 1974, 1990 e 2014), sem a imagem do troféu.

Sem mais artigos