O Fluminense está eliminado da Taça Libertadores, após empatar por 1 a 1 com o Boca Juniors, com direito a gol no último minuto de jogo, nesta quarta-feira, no Engenhão.

O gol tricolor foi marcado no primeiro tempo pelo lateral-esquerdo Thiago Carleto, de falta.

Entretanto, aos 45 minutos de jogo, em um contra-ataque fulminante, o Boca empatou a partida e decretou a eliminação tricolor, com Santiago Silva.

Desde o começo da partida, o Fluminense dominou as ações e encurralou o Boca. Aos 17 minutos de jogo, Thiago Carleto confirmou o sonho que o pai tivera e cobrou falta para o fundo das redes do goleiro Orión, abrindo o placar.

O segundo tempo começou mais aberto, com o time argentino tentando sair mais para o jogo, sabendo que um gol complicaria a vida tricolor. Enquanto isso, o Flu buscava valorizar a posse de bola e partir para o ataque com cautela.

Apenas aos 35 minutos da etapa complementar, uma grande chance de gol foi criada, quando após bate e rebate na área do Boca, Rafael Moura recebeu a bola livre, mas concluiu mal, em cima de Orión. Só que no último minuto veio o banho de água fria, com “El Tanque” Silva, que escorou rebote de chute de Riquelme e empatou o jogo.

Classificado, o Boca Juniors espera o classificado do duelo entre Universidad do Chile e Libertad, que na partida de ida, em Assunção, empataram em 1 a 1. O jogo de volta, em Santiago, acontece nesta quinta-feira. 

Sem mais artigos