Nos últimos jogos do Brasil na Copa das Confederações, uma exceção acabou virando regra. A torcida ia além dos 90 segundos impostos pela Fifa para soar o Hino Nacional antes da partida e continuava a plenos pulmões a cantar o tema.

Em entrevista coletiva no Equador, onde a seleção espanhola está para enfrentar os donos da casa nesta quarta-feira (14), o técnico Vicente Del Bosque afirmou que seu time já perdeu a decisão antes do jogo começar, tudo por causa do Hino Nacional Brasileiro.

“Fizemos uma boa Copa das Confederações, mas nós realmente estávamos esgotados na final. O Brasil nos bateu com o hino”, disse o treinador, lembrando também do cansaço de seus atletas, que jogaram em temperaturas que não estão acostumados.

Para o jogo amistoso que acontecerá contra os equatorianos, Del Bosque não chamou os medalhões Piqué, Xavi e Fernando Torres, preferindo dar espaço para jovens como Thiago Alcântara, Cristian Tello, Koke e Iñigo Martínez.

Sem mais artigos