O atacante da Sampdoria, Antonio Cassano, não foi convocado para disputar a Copa do Mundo, mas em uma entrevista emocionada à Sky disse que irá torcer para que a Itália vença a competição.

Polêmico como sempre, Cassano não pode deixar de comentar que não vê a hora de Marcello Lippi deixar a Azzurra. “As escolhas ele que faz, sempre disse isso. E nse ele decidiu assim o que eu posso fazer? Torço para que Itália vença o Mundial e depois espero que possa vir um treinador que tenha vontade de dar chance a todos.”

Como atacantes, Lippi convocou Borriello, Di Natale, Gilardino, Giuseppe Rossi, Iaquinta, Pazzini e Quagliarella.

Sem mais artigos