O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) proibiu a Força Jovem, principal torcida organizada do Vasco, de entrar em qualquer evento esportivo por um ano devido à briga com torcedores do Atlético-PR na Arena Joinville, em jogo válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013.

A proibição foi expedida na quinta-feira (27) pelo juiz Antônio Augusto de Toledo Gaspar e amplia uma decisão provisória do dia 17 de janeiro que já impedia a facção de assistir a jogos de futebol durante um ano.

Em sua sentença, o juiz afirmou que, embora os membros de Força Jovem não utilizem camisetas que lhes identifiquem como grupo, os outros torcedores ainda vão aos estádios “mostrando insegurança e medo”.

De acordo com a decisão, além da Força Jovem, outros grupos organizados de torcedores deverão ser punidos se provocarem atos violentos.

Segundo o comunicado do TJRJ, caso a organizada descumpra a punição, será imposta uma multa de R$ 10 mil e cada integrante será expulso do estádio, além de responder pelo delito. A Força Jovem terá que entregar uma lista com todos os seus membros.

Sem mais artigos