Carlos Henrique do Nascimento, torcedor símbolo do Vasco

O Vasco teve um ano difícil em 2014: foram muitas derrotas, um time totalmente irregular, eleições para a presidência e um terceiro lugar na Série B. Se tem algo de que  o Vasco pode se orgulhar mesmo em seus anos ruins é de sua torcida. Sempre dando show nas arquibancadas, a torcida cruzmaltina nunca abandonou o time. E a revista Time, uma das maiores publicações do mundo parece ter reconhecido isso.

Dentre as 34 fotos escolhidas pela Time como as melhores de 2014, figura a imagem de um homem ajoelhado com um ramo de arruda em uma mão, uma placa escrito “Fé” ao lado da imagem de Nossa Senhora. Carlos Henrique do Nascimento é o homem de fé que aparece na imagem, um vascaíno que já virou amuleto para seu clube.

Sua história começa em um jogo marcado para sempre na história do futebol brasileiro. A partida valia o título da Mercosul de 2000 e o Vasco enfrentava o Palmeiras no Parque Antártica. Após o 1º tempo acabar 3 a 0 para o time alviverde, Carlos Henrique foi focalizado pelas câmeras de televisão se benzendo com um raminho de arruda. Resultado? O Vasco virou o jogo para 4 a 3 e se sagrou campeão. Desde então ele é uma celebridade e sinônimo de sorte em todos os jogos do Gigante da Colina.

Que ele dê sorte ao Vasco porque parece que a fase ruim não vai embora nunca. Xô, zica!

Sem mais artigos