Alexander Kokorin e Pavel Mamaev, jogadores de Dínamo Moscou e CSKA, respectivamente, são os protagonistas da polêmica da vez no futebol russo. Atletas da seleção russa de futebol, os dois passaram as férias da última temporada juntos em Miami e compartilharam dezenas de fotos polêmicas em suas redes sociais.

Desde então, a sexualidade de ambos começou a ser questionada na Rússia por conta das imagens na banheira, abraçados e também trocando carícias. O assunto tomou uma proporção tão grande que Kokorin, um dos protagonistas do caso, resolveu se pronunciar publicamente.

“Foi divertido ver como as pessoas reagem ao ver nossas fotos, mas tudo tem uma explicação. Conheço Pavel desde o tempo da escola e nós somos como irmãos. Saímos de férias junto com nossas namoradas e foram elas que fizeram as fotos”, disse o atacante de 21 anos. “Na verdade nós também temos fotos delas, mas preferimos não publicar”, completou.

Lembrando que a Rússia não é um país que dá muito apoio aos cidadãos homossexuais e por isso o caso teve tanta repercussão.

Sem mais artigos