Já com quase todos os acertos necessários para criar sua franquia na Major League Soccer em Miami, o astro David Beckham pode ter empréstimos financeiros dos milionários catarianos que são donos do Paris Saint-Germain. A notícia é do jornal francês Le Parisien desta segunda-feira (10).

Segundo o jornal, o ex-jogador fará uso de sua boas relações com o presidente do clube francês, Nasser Al-Khelaifi, onde jogou os últimos seis meses de sua carreira, terminada em maio de 2013.

Outro contato muito bom para Becks é que a Qatar Sports Investments, empresa ligada a Al-Khelaifi, tem sócios como o empresário Marcelo Claure e o produtor Simon Fuller, os mesmo que lançaram as Spice Girls, grupo pop de sua esposa Victoria.

Até agora, não houve resposta dos catarianos.

Na semana passada, David Beckham confirmou a inclusão de sua franquia na liga de futebol do Estados Unidos ao pagar US$ 25 milhões (quase R$ 60 milhões) à entidade que gere o esporte no país. Ele tem a ajuda de LeBron James, astro da NBA e do Miami Heat, que também está na busca por parceiros de negócios para alavancar o nome do time e a construção de um estádio na cidade.

Sem mais artigos