Contratado pelo Corinthians em junho de 2011 por R$ 5 milhões, o goleiro Renan, uma das revelações do Avaí no Campeonato Brasileiro daquele ano, foi emprestado pelo clube de Parque São Jorge ao Botafogo de Ribeirão Preto até maio de 2014 para a disputa do Campeonato Paulista do ano que vem. Esta é a quarta vez que o atleta defenderá outro clube por empréstimo desde a sua chegada ao alvinegro.

Com contrato até 2016 com o Corinthians, o goleiro de 22 anos viveu um de seus melhores momentos na carreira quando foi convocado por Mano Menezes, então técnico da Seleção Brasileira, em julho de 2010, para um amistoso contra os Estados Unidos. Na oportunidade, o treinador tinha como ideia mesclar jogadores experientes com possíveis candidatos a vaga na equipe olimpica de 2012. Porém, Renan acabou preterido na lista final, quando Neto, da Fiorentina, e Rafael, do Santos (que foi substituido por Gabriel, do Milan, devido a uma lesão), foram os escolhidos.

Após chegar ao Corinthians, Renan fez apenas três jogos pelo clube no Brasileirão de 2011. Substituindo o então titular Julio Cesar, o jovem goleiro falhou em algumas oportunidades, sendo uma delas contra o Cruzeiro, no Pacaembu.

Pouco aproveitado desde então, Renan foi emprestado ao Vitória, ao Estoril, de Portugal, e ao Guarani, time que defendeu no Campeonato Paulista. Sem atuar profissionalmente desde maio deste ano, o jogador agora terá uma nova oportunidade em São Paulo.

Como ficará os cinco primeiros meses do ano em Ribeirão Preto, Renan não viverá os primeiros meses de Mano Menezes em seu retorno ao Corinthians, já que o treinador que o levou à Seleção deverá ser anunciado como substituto de Tite em breve.

Com Cássio, Walter, Danilo Fernandes e Julio Cesar à disposição no atual elenco do Corinthians, Renan dificilmente terá uma nova oportunidade do time de Parque São Jorge, pelo menos em breve.

Sem mais artigos