Toda vez que um jogador de futebol marca um gol do meio de campo, ou até mesmo do seu setor defensivo, a frase ‘o gol que Pelé não fez’ vem à tona, não importando a plástica do tento. Foi o que aconteceu no clássico equatoriano entre LDU e Emelec, no último domingo (05), aos 47 do segundo tempo, em uma bobeada do goleiro Esteban Dreer.

Tudo levava a crer que o jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Equatoriano terminaria empatado em 1 a 1, quando o goleiro do Emelec resolveu cobrar uma falta próxima ao grande círculo do meio de campo. Com uma saída totalmente estabanada, Dreer jogou a bola nos pés do atacante uruguaio Jonathan Ramis, da LDU.

Com apenas três toques na bola, Ramis acertou um chute muito forte, sem chances e tempo para que o goleiro do Emelec se recuperasse. O golaço da LDU rendeu uma comemoração efusiva de todos que estavam no estádio Casa Blanca, desde torcedores a comissão técnica.

Clique no vídeo abaixo e veja o gol que Ramis fez e Pelé não

Sem mais artigos