Convocado como terceiro goleiro da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2010, Gomes, do Tottenham, garantiu que não ficou surpreso por ter sido incluído na lista dos 23 jogadores, mesmo com o apelo público por Victor, do Grêmio, que era cotado para ocupar sua vaga.

“É o prêmio maior para todo atleta, independente da modalidade. Jogar um Mundial é um sonho. Espero retribuir a confiança do treinador e do povo brasileiro e conquistar o Mundial. Surpresa não foi. Meus concorrentes diretos são grandes goleiros também. Eu tinha esperanças sim, para mim não foi surpresa nenhuma. Estou em grande momento na Europa e no Tottenham e o Dunga deve ter observado. Sempre dei o meu melhor na Seleção Brasileira”, explicou o goleiro do Tottenham, em entrevista à Rádio Brasil.

Sem mais artigos