A cidade mexicana de Guadalajara encerrou neste domingo (madrugada de segunda-feira em Brasília) os 16º Jogos Pan-Americanos e cede a vez a Toronto, Canadá, próxima sede da competição em 2015.

O presidente da Organização Esportiva Pan-Americana (Odepa), o mexicano Mario Vázquez Raña, fez o encerramento oficial dos Jogos após qualificá-los como “os melhores da história”.

Durante 17 dias, de 14 a 30 de outubro, em Guadalajara se reuniram 6.003 desportistas. O Pan distribuiu 1.177 medalhas (361 de ouro, 363 de prata e 453 de bronze).

O governador do estado de Jalisco, Emilio González Márquez, agradeceu o apoio da Odepa e das autoridades para o sucesso dos Jogos e disse que como as coisas foram bem, “agora vamos tentar as Olimpíadas”.

González foi o encarregado de passar a vez dos Jogos ao Canadá, simbolizado na entrega da bandeira da Odepa a Rob Ford, prefeito de Toronto, sede dos Jogos de 2015.

A cantora Florence K interpretou o hino do Canadá e este país, pintou de vermelho o estádio para passar imagens de sua cultura e de sua natureza, como a borboleta Monarca, que nestes tempos emigra do Canadá para as florestas de Oyamel no ocidente do México.

Perante 45 mil espectadores, a cantora mexicana Eli Guerra abriu a cerimônia de encerramento com a interpretação do hino nacional mexicano antes de observar imagens dos 17 dias de competições, desde a abertura no dia 14 de outubro.

O desfile de bandeiras e a entrada no estádio dos atletas e juízes, além da homenagem aos voluntários dos Jogos, marcaram momentos especiais da festa de encerramento.

Diante do estádio cheio, o brasileiro Solonei Silva recebeu sua medalha de ouro da maratona; também foram entregues a prata do colombiano Juan Carlos Cardona e o bronze do também colombiano Diego Alberto Colorado.

Os Estados Unidos venceram os Jogos pela 14ª vez, a quinta consecutiva depois de Havana 1991, com um total de 236 medalhas, 92 delas de ouro, seguido de Cuba (136 e 58), Brasil (141 e 48), México (133 e 42) e Canadá (119 e 30).

Os discursos do presidente da Odepa e do governador do estado de Jalisco marcaram o final da primeira parte da cerimônia, à qual seguiu o momento de Toronto para depois ceder o palco aos grupos musicais.

Os sucessos musicais do grupo mexicano Camila e o dueto que fizeram com a cantora americana Colbie Caillat, iniciaram a parte musical do encerramento.

Também se apresentaram a banda de reggae The Wailers, acompanhantes de Bob Marley nos anos 70, e o cantor argentino Diego Torres. O último show da noite ficou por conta do porto-riquenho Ricky Martin.

Sem mais artigos