O central Gustavo Endres sofreu uma lesão no pé esquerdo e não poderá disputar o restante das partidas da seleção brasileira masculina de vôlei na Liga Mundial, informou nesta quarta-feira a Confederação Brasileira de Vôlei.

O atleta se contundiu na terça-feira, no primeiro treino da seleção em Belo Horizonte, e foi submetido a exames que constataram a fratura.

Como sua recuperação demorará algumas semanas, o técnico Bernardinho e o departamento médico decidiram excluí-lo da equipe. Como substituto, o treinador convocou Eder, do Cimed, e que poderá atuar nas partidas de sábado e domingo contra os Estados Unidos, em Belo Horizonte.

“Infelizmente ele está fora da Liga Mundial, já que este tipo de contusão demanda quatro semanas sem treinos. Durante uma atividade de bloqueio, ele pisou no pé do Wallace na queda e virou o pé. Não é uma lesão grave, mas é uma fratura, que demanda algum tempo para a consolidação”, explica o fisioterapeuta da seleção, Guilherme Tênius.

“Ficamos todos muito tristes, pois vimos todo o esforço que o Gustavo fez para voltar à seleção em alto nível. Ele fez uma ótima Superliga e mostrou nas partidas contra Porto Rico e Polônia que tem condições de estar aqui. Gustavo é um guerreiro e deve estar sofrendo muito por isso. Para pessoas com esta personalidade, a pior coisa é ficar fora de uma batalha”, lamentou Bernardinho. 

Os treinamentos formais começarão na próxima segunda-feira, com exercícios mais completos e com bolas.

Sem mais artigos