Demonstrando toda sua força ofensiva no segundo tempo, a seleção da Holanda venceu a Hungria com uma goleada de 6 a 1 durante um amistoso preparatório para a Copa do Mundo, disputado em Amsterdã, neste sábado.

Com uma estética tática semelhante ao demonstrado no último dia 1º, contra Gana, a equipe de Bert van Marwijk reservou toda sua potência para o segundo tempo, depois de iniciar o jogo perdendo, ao levar um gol do húngaro Balasz Dzsudzsak aos 6 minutos.

Aos 21 minutos a Holanda conseguiu acabar com a diferença, com gol de Robin van Persie.

Mas os ventos só mudaram mesmo no segundo tempo, quando a equipe holandesa pareceu incorporar o antigo “espírito” da Laranja Mecânica: Wesley Sneijder, meio campo da italiana Inter, deu à Holanda o primeiro gol de vantagem aos 11 minutos do segundo tempo.

A partir daí a Hungria se viu incapaz de peitar o vendaval ofensivo da Holanda.

Robben fez seu primeiro gol aos 19 minutos e Mark van Bommel declarou a goleada aos 26, já com 4 a 1. Eljero Elia aos 29 e Robben, novamente, aos 34 minutos, só aumentaram mais ainda a diferença contra o time húngaro, que não vai participar da Copa este ano.

Depois de marcar dois gols, Arjen Robben saiu antes dos cinco minutos finais reclamando de dores no joelho.

Na primeira fase do Mundial da África do Sul, a Holanda enfrentará Dinamarca, Japão e Camarões, componentes do Grupo E.

Sem mais artigos