Dono de dez medalhas nos Jogos Pan-Americanos, Hugo Hoyama, 42 anos, está perto do fim de sua carreira. Antes de participar do Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue para o Hospital do Coração, o mesatenista falou sobre aposentadoria após os Jogos de 2012.

“Acho que sim (parar depois da Olimpíada). Se eu sentir que eu ainda posso representar o Brasil, vou continuar treinando, mas eu quero, depois de Londres, trabalhar mais na parte do Instituto Hugo Hoyama pra trabalhar pelo tênis de mesa mesmo”, disse Hoyama.

Com isso, Thiago Pereira deve ficar mesmo com o recorde de maior medalhista de ouro do esporte brasileiro nos Jogos Pan-Americanos mesmo depois da edição de 2015.

“Acho que vai ser muito difícil (disputar outro Pan). Minha parte em Jogos Pan-Americanos, eu já fiz e bem com dez de ouro, uma de prata e quatro de bronze. Espero continuar batalhando para formar atletas para ganhar mais do que ganhei”, completou.

Leia também:

Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue: Ministério da saúde usa aplicativo em rede social para incentivar doação

Sem mais artigos