Um dos maiores jogadores da história do futebol mexicano, Hugo Sánchez deu um conselho ao técnico da seleção de seu país, Miguel Herrera, de olho na disputa da Copa do Mundo de 2014. Segundo o ex-atacante do Real Madrid, o selecionado não pode se preocupar com o Brasil, pois para ele o primeiro lugar do Grupo A do torneio já é dos donos da casa.

“Acredito que Camarões e Croácia são as duas equipes a serem batidas. O México e essas outras duas seleções vão estar brigando pelo segundo lugar da chave, já que o Brasil, por razões óbvias, deverá estar classificado”, afirmou Sánchez.

Sánchez também falou sobre a base da equipe mexicana, montada às pressas nas eliminatórias com diversos jogadores do América do México como base. “É difícil se colocar no lugar do treinador que não tem muito tempo para formar uma equipe. A base que ele montou foi com o América”, disse.

Ex-técnico da seleção do México entre 2007 e 2008, Hugo Sánchez afirmou que Herrera precisará saber lidar com os jogadores que atuam na Europa, pois uma base local não o levará muito longe na Copa.

“Os jogadores que atuam na Europa e mostram desejo de estar na seleção, claro que devem ser chamados. É preciso se apoiar nessa experiência dos atletas que atuam no futebol europeu”, concluiu. 

Sem mais artigos