As ausências de Kaká e Ronaldinho Gaúcho na lista final dos 23 jogadores que defenderão a Seleção Brasileira na Copa das Confederações não causou surpresa apenas em território brasileiro. Boa parte da mídia esportiva internacional destaca nesta terça-feira (14) os nomes dos convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari e a não inclusão dos pentacampeões mundiais.

O jornal argentino Olé, em sua versão on-line, deu mais ênfase à ausência de Ronaldinho Gaúcho. Para o periódico, a não presença do camisa 10 do Atlético-MG, ‘que ressurgiu das cinzas, para se transformar em um dos melhores jogadores da Libertadores’, não é explicável. Além disso, a página ainda destaca as ausências de Kaká, Pato, Adriano e Ramires.

Na Itália, a não inclusão de Ronaldinho Gaúcho também teve mais peso que a ausência de Kaká. Segundo La Gazzetta dello Sport, que pouco destacou o meia brasileiro do Real Madrid, a exclusão dos ex-jogadores do Milan foi uma surpresa. ‘O grande momento de Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG não foi suficiente para confirma-lo na seleção’, diz o texto em italiano, que ainda falou sobre a ausência de Pato e na ‘surpreendente’ convocação do ‘italiano Hernanes’.

Já na Espanha, a situação é inversa. Kaká, reserva do Real Madrid, é destaque de capa da versão on-line do As pro estar fora da lista dos 23 convocados. Sem atuar com frequência no time de Mourinho, o jogador já era esperado pelos espanhois como carta fora do baralho de Scolari. Além de Kaká, o lateral-esquerdo Filipe Luis também foi lembrado, mas de forma positiva.

Sem mais artigos