Após muito tempo longe de Belo Horizonte, os jogos do Campeonato Mineiro poderão voltar a ser disputado na capital já neste mês. Em entrevista concedida à Rádio Itatiaia, o presidente do América-MG, Marcus Salum, disse que o Estádio Independência, totalmente reformado e modernizado, deverá receber os jogos de volta da semifinal do estadual.

“Ficou que definido que os dois jogos, do dia 28 e 29, estão previamente marcados para o Independência. Todo mundo sabe Atlético joga contra o Tupi aas 16h, no domingo. América e Cruzeiro às 18h30. Os jogos de volta serão Atlético e Tupi no sábado e América e Cruzeiro no domingo. O único impasse que existe, por isso não estou afirmando com certeza, mas provavelmente serão, é o problema da semente de inverno que precisa ser plantada. Ele ficou retida no porto de Santos e esse assunto ficou pendente na reunião que tivemos. Ela precisa de um tempo um período sem pisoteio, mas eu não acredito que isso interfira nos jogos da semifinal”, disse.

A definição sobre a utilização do Estádio Independência deve acontecer já nesta quarta-feira, obedecendo assim uma determinação do Estatuto do Torcedor, que exige a escolha com dez dias de antecedência.Resta apenas a liberação do laudo do Crea-MG junto a Federação Mineira de Futebol, que será entregue ao Ministério Público, para o Independência voltar a receber partidas oficiais.

Salum disse também que o as datas em que o novo estádio irá receber jogos de futebol durante o ano inteiro também á estão bem encaminhadas. “Existe um grupo consultivo que estuda todas as ações do Independência. Esse grupo é formado por sete elementos, sendo dois do América, três do governo, um da Arena Independência e um da Federação. A reunião aconteceu na semana passada e nós acertamos todo o calendário e estamos definindo os problemas a serem resolvidos”.

Inauguração

A partida que marcará a reabertura do estádio será entre América-MG e Argentinos Juniors, no dia 25 de abril, jogo que também será o de despedida do atacante Euller, o filho do vento. Vale lembrar que, por conta de uma vistoria da Polícia Militar, o estádio só foi liberado para dez mil torcedores. Segundo a Secopa-MG, na próxima segunda-feira as câmeras de monitoramento dos torcedores já estarão funcionando, o que vai fazer a capacidade total do Independência ser liberada.

Sem mais artigos