Uma determinação imposta pela Federação de Futebol da Índia (AIFF) já começa a ‘assustar’ os jogadores brasileiros. A entidade confirmou que irá proibir os atletas de usarem telefones celulares nos vestiários para evitar a manipulação de partidas. Apesar de praticamente impossível, a ideia, caso fosse imposta no Brasil, deixaria muita gente sem os famosos selfies. A informação do veto é do jornal The Times of India.

Os jogadores que atuam no país, inclusive os brasileiros, deverão entregar os celulares ao delegado da partida antes de entrar nos vestiários, segundo a legislação prevista pela AIFF para evitar a corrupção no futebol indiano.

Os diretores das equipes participantes do Campeonato Indiano também não poderão entrar nos vestiários durante os jogos, declarou um responsável da Liga Índia, Sunando Dhar.

A Confederação Asiática de Futebol (AFC) não especifica em suas normas, no entanto, que esteja proibido o uso dos celulares.

No próximo dia 12 de outubro começará a chamada Hero Indian Super League (ISL), uma competição que será disputada por oito equipes do país asiático entre outubro e dezembro e que contará com mais de 50 jogadores estrangeiros.

Neymar não aprovaria a ideia

Acostumado a fotografar os principais momento do seu dia, o atacante do Barcelona tem uma coleção de selfies em seu perfil no Instagram, principalmente ao lado de companheiros de clube e no vestiário. Ou seja, a ideia não seria algo aprovado por Neymar no futebol espanhol, muito menos no Brasil.

Sem mais artigos