Louis Tomlinson, um dos cinco rapazes da boyband One Direction, quer ser dono do time do coração, o Doncaster Rovers, que neste ano foi rebaixado para a League One, terceira divisão da Inglaterra. O rapaz de 22 anos, que até já participou de treinos com a equipe no início deste ano, terá que ser persistente, já que está envolto junto com seus companheiros em uma crise por causa de um vídeo, vazado pelo jornal inglês Daily Mail há poucos dias, no qual aparece fumando alguma substância no Peru, durante turnê do conjunto, o que atrapalharia o sonho de ser dono do time que torce.

No vídeo, a voz de Louie é ouvida, enquanto um colega de banda, Zayn Malik, fuma um tipo de cigarro, e outras vozes no entorno dão a ideia de que seria maconha (veja mais aqui). Segundo o mesmo Daily Mail, esta polêmica pode atrapalhar a tentativa do artista em conseguir comprar as ações do Doncaster, visto que o uso da alegada substância não agrega muito à sua imagem empresarial, por exemplo.

Uma fonte próxima da banda contou a outro jornal inglês, o The Sun, como está o jovem após a polêmica.

“O momento em que o vídeo do Peru foi divulgado o desagradou, já que ele não queria que nada atrapalhasse o acordo, que é muito sensível comercialmente, pois falam em somas de sete dígitos”, contou.

Louie Tomlinson, que nasceu na cidade de Doncaster, tem a ideia de unir forças com o empresário John Ryan, ex-proprietário do clube, que deseja reaver seu negócio futebolístico após vendê-lo para um consórcio, apesar de ainda possuir 25% do bolo.

Acredita-se que o par esteja já no processo de conseguir fundos para negociação e divulgar uma oferta formal, a fim de já assumir os Rovers já no próximo mês de julho.

A ideia é levar o time de volta à Championship, a segundona inglesa, em um ano, e seguir o processo rumo à Premier League em apenas três temporadas.

Sem mais artigos