A definição quanto à chegada de Dagoberto ao Internacional ficou para o decorrer desta semana. A diretoria colorada esperava resolver a situação no fim da última semana, mas não houve tempo para um encontro com o São Paulo. A reunião será entre Fernandão, diretor técnico do Inter, e Adalberto Batista, diretor de futebol do time paulista.

A conversa selará a definição sobre a transferência de Dagoberto para o Internacional já em janeiro ou abril, quando termina o contrato dele com os paulistas. A diretoria gaúcha, por sua vez, está confiante em um acerto já para o início do ano.

No entanto, a liberação está pendente por conta de uma compensação financeira exigida pelo São Paulo. O valor estipulado pelo Tricolor é de aproximadamente R$ 600 mil. O Inter, por sua vez, acredita em uma liberação, pois não vê interesse do time paulista em manter um jogador por quatro meses pagando salários, uma vez que ele deixará mesmo o clube. O técnico Emerson Leão cortou o atacante até do banco de reservas na última rodada do Brasileirão.

O fato de o São Paulo disputar a Copa do Brasil e o Internacional a pré-Libertadores deve ser um facilitador. Isso porque de um modo ou de outro, Dagoberto não enfrentaria um dos dois times, antes do término do seu contrato.

Sem mais artigos