Zebra inacreditável. Com um gol de Kabangu e outro de Kaluituka, o Mazembe derrotou o Internacional por 2 a 0, nesta terça-feira, e colocou ponto final a chance do clube brasileiro conquistar o bicampeonato do Mundial Interclubes.

Desde que o torneio ganhou esta nova forma com clubes de todos os continentes, foi a primeira vez que um time brasileiro não chegou a final do Mundial. Também é a primeira vez que uma equipe africana chega a decisão.

“A gente teve oportunidade de fazer o gol, mas não conseguimos. Estamos chateados porque decepcionamos muitas pessoas e a gente fica muito triste por isso”, disse o zagueiro Bolivar ao final do jogo.

O volante argentino Guiñazu não escondeu a tristeza do momento e definiu o jogo como uma das piores sensações de sua vida.

“É a (derrota) que mais doeu. Eu esperei a vida toda para disputar este título, mas acontece. É o futebol”, lamentou o argentino em entrevista ao SporTV.

Agora o Mazembe, que já havia vencido o Pachuca, do México, espera o confronto entre Inter de Milão e Seongnam, da Coreia, que ocorrerá nesta quarta-feira.

Principais lances
No primeiro tempo, o Inter pressionou durante grande parte, mas não conseguiu chegar ao gol. Na melhor chance, Rafael Sobis bateu firme após o cruzamento da esquerda, mas o goleiro Kidiaba fez boa defesa.

Quando voltou para o segundo tempo, o Mazembe voltou acreditando na vitória e foi para cima do Internacional. A pressão surtiu efeito e, aos  7 min., Kabangu deu um lindo chute da entrada da área e acertou o ângulo esquerdo de Renan.

Após o gol, o Inter tentou ir para cima, mas sem efetividade. O Mazembe ficava todo atrás e tentava sair no contra-ataque. Aos 40 min., Kaluyituka recebeu lançamento, pedalou para cima de Guiñazu e chutou rasteiro no canto direito: 2 a 0, fim de jogo e delírio do goleiro Kidiaba, que fez a sua já tradicional dancinha da comemoração. 

Veja acima imagens do jogo

Sem mais artigos