O meia Valdivia poderá deixar o time do Palmeiras logo após a Copa do Mundo de 2014. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, em sua edição publicada neste sábado (03), o chileno despertou o interesse de um time do futebol italiano e o investidor Osório Furlan, dono de 36% dos direitos federativos do jogador estaria disposto a negociá-lo no segundo semestre.

Segundo a publicação, Furlan, que não chegou a citar o nome do clube interessado em Valdivia, foi autorizado pela diretoria do Palmeiras a procurar um novo clube para o camisa 10. O investidor, contudo, aguarda o desempenho do chileno na Copa do Mundo para concretizar o negócio.

Ainda na reportagem do Estadão, o investidor descartou qualquer possibilidade de negociar o Valdivia com times do futebol brasileiro e disse que “para o Brasil, só sai se o (presidente do Palmeiras, Paulo) Nobre quiser”.

Um dos nomes sempre presente nas convocações de Jorge Sampaoli, Valdivia, caso seja confirmado na lista do Mundial, terá pela frente adversários como Espanha, Holanda e Austrália, todos ele no Grupo B da Copa.

Sem mais artigos