Leandro Schiavi, irmão mais novo do zagueiro Rolando Schiavi, do Boca Juniors, foi suspenso por seis anos após ter agredido um árbitro em uma partida válida por uma liga regional da Argentina.

A punição ocorreu após o jogo em que seu time, o Huracán de Arribeños, perdeu para o Jorge Newbery por 2 a 0. O árbitro Darío Funes foi agredido por quatro jogadores, e Leandro lhe deu um soco na cabeça.O jogo foi disputado no dia 11 deste mês, e o episódio teve repercussão nacional. O Tribunal Disciplinar do torneio Seis Ligas, de Buenos Aires, suspendeu Leandro e outros dois jogadores por seis anos. Outro atleta que também participou da agressão recebeu quatro anos de suspensão.

Rolando Schiavi, que tem no currículo uma passagem pelo Grêmio (na qual disputou a final da Taça Libertadores de 2007) e é um dos ídolos do Boca Juniors, é o jogador mais velho da primeira divisão argentina, e vai pendurar as chuteiras daqui a três semanas, dias antes de completar 40 anos de idade.

Sem mais artigos