A Federação Italiana de Futebol (FIGC) convidou formalmente a seleção da Argentina nesta terça-feira para a disputa de um amistoso, depois que o técnico da Azzurra, Cesare Prandelli, propôs uma partida em homenagem ao papa Francisco.

Mediante um comunicado, a FIGC informou que o convite prevê que o jogo seja disputado em Roma no dia 14 de agosto, data Fifa. A solicitação foi feita em carta enviada ao secretário-geral da Associação do Futebol Argentino, Miguel Silva.

Há algum tempo, as federações de futebol dos dois países já negociavam um duelo entre suas seleções principais. No entanto, a ideia anterior era se enfrentarem em local neutro, que poderia ser um estádio da Suíça ou da Bélgica.

Caso a proposta não seja aceita pela AFA, a FIGC usará a data para um amistoso da Azzurra contra outra equipe.

Na última semana, Prandelli lembrou que a Argentina é a única grande seleção que a Itália não enfrentou recentemente e propôs a homenagem ao líder religioso.

“A partida contra a seleção de Lionel Messi é a única contra as grandes do mundo que ainda não fizemos. Com isso, fecharíamos um círculo. Seria uma homenagem ao novo papa”, declarou Prandelli após o amistoso contra o Brasil, que terminou empatado em 2 a 2, no último dia 25, em Genebra.

Sem mais artigos