Um dos principais nomes da ginástica brasileira, Jade Barbosa chamou a atenção na última semana devido ao seu corpo musculoso, quando tinha apenas dez anos. Apesar de ajudar quando o assunto era a ginástica, seu forte corpo também era motivos de brincadeiras na infância da garota.

“Sim (escutava muitas brincadeiras), mas não era um problema. Só não gostava quando me chamavam de ‘Bombada ou Hulk’, mas levava na boa. Até meu pai brincava comigo dizendo que eu parecia um pitbull ou um tanque de guerra e a gente sempre se divertiu com isso”, disse a ginasta em entrevista exclusiva ao Virgula Esporte.

“Ser forte assim me ajudou a ter menos lesões nos treinos. As meninas, que eram menos fortes do que eu, tinham mais problemas”, completou.

Mas, para chegar a esse corpo, Jade Barbosa teve de batalhar muito. Apesar da idade, ela já encarava uma rotina forte de treinamentos.

“Nesta fase, eu já treinava umas seis horas ou mais. O treino era dividido em aquecimento, treinamento de força, que a gente chamava de maromba (pliometria, flexões, abdominais), flexibilidade e parte técnica nos aparelhos”, afirmou.

Apesar do corpo forte, Jade Barbosa nega que alguma vez tenha feito musculação para se fortalecer. “O único peso que levanto é o do meu próprio corpo nos treinos. Nunca fiz musculação”, garantiu.

Segundo a ginasta, a trajetória dela na modalidade começou aos cinco anos. No entanto, os treinos só foram mais intensos a partir dos seis, quando passou a integrar a equipe do Flamengo.

Sem mais artigos