Atualizada às 14h47

O ex-presidente da Fifa, João Havelange, foi internado no domingo em um hospital do Rio de Janeiro por conta de uma infecção e seu estado de saúde é “grave”, informaram nesta segunda-feira fontes do centro médico.

O dirigente esportivo brasileiro, de 95 anos, foi internado no domingo à noite na unidade coronariana do Hospital Samaritano com um quadro “infeccioso grave” e está sendo tratado com antibióticos por via venosa, segundo um boletim divulgado pelos médicos.

O cardiologista João Mansur Filho, responsável pelo caso do dirigente, disse após visitá-lo nesta segunda-feira que seu “estado clínico é grave e inspira cuidados”, acrescenta a nota.

De acordo com o hospital, por enquanto não há previsão de alta para Havelange, que comandou o futebol mundial durante 24 anos até 1998.

O presidente de honra da Fifa já havia sido internado em maio de 2010 por uma infecção e em 2006 foi operado para implantar um marcapasso.

Em dezembro do ano passado, alegou motivos de saúde para justificar sua renúncia como membro diretor do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Havelange iniciou sua carreira como dirigente esportivo em 1956 como presidente da Confederação Brasileira de Desportos (CBD), cargo que deixou em 1974 para assumir a Fifa depois que o Brasil conquistou três títulos mundiais de futebol.

O brasileiro, até agora o único presidente não europeu da Fifa, foi nadador e jogador de polo aquático olímpico antes de iniciar sua carreira como dirigente esportivo.

João Havelange está internado no Rio de Janeiro por infecção

Sem mais artigos