ogador argentino, Franco Nieto leva tijolada de torcedor e acaba morrendo

Jogador argentino, Franco Nieto leva tijolada de torcedor e acaba morrendo

A violência no futebol argentino fez mais uma vítima na noite da última quarta-feira (03). O jogador Franco Nieto, do Tiro Federal de Aimogasta, acabou falecendo após receber uma pedrada na cabeça no sábado (29), logo após o duelo contra o Chacarita Juniors, na província de La Rioja, em partida válida pela Liga Aimogasteña de Fútbol, equivalente a sexta divisão nacional.

Tudo começou aos 30 minutos do segundo tempo, quando o juiz decidiu terminar a partida por conta de uma briga generalizada entre jogadores, o que resultou na expulsão de oito atletas e na revolta dos torcedores do Chacarita, que mandava a partida.

Nieto, ao deixar o vestiário rumo a sua casa, acabou sendo alvejado pelos torcedores do time da cara quando entrava no seu carro. O jogador foi agredido e levou uma pedrada na cabeça, gerando uma grave lesão cranial.

Internado às pressas em um hospital de Aimogasta, Nieto, de 33 anos, foi transferido para um centro médico em La Rioja, mas não resistiu e acabou falecendo na manhã da última quarta.

De acordo com a polícia local, os agressores do argentino foram identificados. Os acusados Barrionuevo e Díaz seriam os suspeitos pela morte de Nieto. Além disso, segundo o primo do jogador morto em entrevista à rádio FM Fenix, dois dos agressores seriam jogadores do Chacarita que participaram da briga em campo.

Sem mais artigos