Conhecido entre os colegas de time como “Pelezinho” e uma das esperanças do Anapolina, clube que disputa a primeira divisão do Campeonato Goiano, o jovem Rafael Silva, de 18 anos, foi assassinado com golpes de canivete na quinta-feira, colocando fim trágico ao que poderia, com o passar do tempo, se transformar em uma bela carreira.

Rafael andava de skate pelo bairro Vila Esperança, em Anápolis, quando, de acordo com informações da imprensa local, discutiu com outro jovem, dois anos mais velho, identificado como Wesley dos Santos. Os dois já tinham problemas anteriores e, aparentemente, Wesley teria atacado o jogador, que foi levado ao Hospital de Urgências de Anápolis, mas não resistiu.

Em nota oficial divulgada no site, o clube (que disputou duas partidas pela edição deste ano do Goianão, com uma vitória e um empate) lamentou a perda de “um de seus mais alegres e promissores talentos (e) esperamos que a família encontre resignação nas boas lembranças deixadas pelo jovem”.

Sem mais artigos