O holandês Arjen Robben foi muito criticado durante a Copa do Mundo de 2014 por simular diversas faltas e ludibriar a arbitragem a seu favor. O craque do Bayern de Munique, contudo, não chega sequer aos pés de Daniel Jones, do Chesterfield, time da Terceira Divisão da Inglaterra. O meia inglês incorporou um típico ator de Hollywood e encenou uma lesão inexistente e no mínimo exagerada na vitória por 3 a 2 diante do Sheffield United, no último sábado (04).

O meia de 27 anos recebeu, de fato, um carrinho no centro do gramado e a falta realmente existiu. Sua reação na sequência, no entanto, foi digna de receber o Oscar, tamanha a movimentação feita por Jones.

Após a falta e a queda, o Daniel Jones começou a rolar no gramado e, do nada, se esfregou no chão parecendo uma minhoca e lembrando a reação de um peixe quando está fora d’água.

As dores inexistentes sentidas pelo meia do Chesterfield serviram para alguma coisa. Michael Higdon, autor do carrinho, acabou expulso, prejudicando o Sheffield United.

Clique no vídeo abaixo e veja de Jones merece ou não pelo menos um Troféu Imprensa

Sem mais artigos