Futebol é um esporte violento? Se você fizer essa pergunta ao meia inglês Garry Fawcett, ele te dirá que sim. Jogador do Garstang FC, o atleta precisou levar levar 30 pontos, sendo 13 internos e 17 externos, para fechar um corte profundo de quase 6cm no rosto causado por um pisão das travas da chuteira de um jogador do Eagley, no último fim de semana, em partida válida pela Liga de West Lancashire.

De acordo com o jornal Daily Mail, o cirurgião responsável pelo curativo levou quase duas horas para relizar a operação, cuja cicatriz deve demorar 18 meses para definir a marca permanente ou não com tratamento especial.

Apesar do corte profundo e da imagem que choca, Fawcett absolveu o responsável pelo pisão e disse que não houve maldade no lance, que aconteceu aos 40 minutos de jogo, quando foi pisoteado depois de sofrer uma falta.

Clique na galeria acima e veja as fotos do antes e depois da cirurgia (as imagens são fortes)

Sem mais artigos