O meia italiano do Livorno Piermario Morosini, de 25 anos, morreu neste sábado após sofrer uma parada cardíaca em pleno jogo pela Segunda Divisão do Campeonato Italiano.

A informação divulgada é que o jogador morreu no Hospital Civil Santo Spirito da cidade de Pescara (centro da Itália), para onde foi levado de ambulância.

O atleta passou mal aos 31 minutos do primeiro tempo do jogo entre Pescara e Livorno, quando ele estava distante da bola e caiu no gramado perto da área de sua equipe.

Imediatamente, o meia foi levado pelos socorristas do Estádio Adriático de Pescara, que fizeram massagem cardíaca com desfibrilador e, posteriormente, o levaram de ambulância ao hospital com parada cardiorrespiratória.

Na emergência da unidade de saúde de Pescara, o jovem foi colocado em coma induzido para receber estimulação externa, mas não conseguiu superar a crise e morreu poucos minutos depois.

O incidente gerou grande impacto entre os companheiros de equipe do meia e obrigou a suspensão definitiva do jogo, que no momento da interrupção estava 2 a 0 para o Livorno.

“Morosini caiu, tentou levantar, mas caiu de novo. Nosso massagista percebeu o drama”, disse o executivo-chefe do Pescara, Danilo Iannascoli, em declarações a TV por satélite italiana “Sky”.

O dirigente do time local explicou que a ambulância demorou alguns minutos para entrar na área atlética que cerca o campo porque a entrada estava sendo obstruída por um carro.

Morosini, quem participou com a seleção italiana sub21 no Campeonato Europeu da Suécia em 2009, chegou ao Livorno neste ano por empréstimo do Udinese, clube da Primeira Divisão (Série A) do Campeonato Italiano.

Sem mais artigos