Tá faltando talento pra moça, hein?

Tá faltando talento pra moça, hein?

Existem pessoas no mundo que passam a vida inteira sem saber no que são boas e o que querem fazer na vida. Já outras, como Sara Sarmiento, são multitalentosas e trabalham com mil coisas ao mesmo. Sara não apenas joga vôlei como é psicóloga, modelo e está prestes a se tornar sexóloga.

Sarmiento começou a jogar vôlei quando tinha apenas 11 anos e desde então o esporte se tornou uma de suas paixões.  Hoje ela está jogando no Haro, time no qual  já conquistou a Superliga 2, segunda divisão do vôlei espanhol. “Nessa vida a gente tem tempo para tudo”, disse a jogadora ao jornal Marca.

A atleta, porém, já teve que faltar em alguns compromissos dentro de quadra por causa de sexo. Calma , não é bem o que você está pensando: Sara está terminando seu curso de Sexologia. “Claro que isso chama a atenção de muita gente. A sexologia é algo de que eu gosto desde o ano passado.  Nosso professor era muito bom e nos influenciou muito. Sua aulas eram tranquilas, mas na metade do ano passado o pobre homem morreu e isso mexeu muito com a gente”, conta a também estudante.

Como se não bastasse, Sara também resolveu fazer alguns trabalhos como modelo. “É algo circunstancial. Comecei fazendo um favor para um amigo e então comecei a cobrar uns ‘eurinhos’ . O vôlei está com está e é normal que se vá buscar uma grana em outros lugares”, conclui Sara.

Quanto talento!

Sem mais artigos