Jogadores do St. Louis Rams repetem o gesto antes do jogo contra o Oakland Raiders

Jogadores do St. Louis Rams repetem o gesto antes do jogo contra o Oakland Raiders

Alguns jogadores do St. Louis Rams fizeram questão de mostrar que estão apoiando os moradores de Ferguson, também localizada no estado de Missouri. Antes da partida contra o Oakland Raiders, os atletas repetiram um gesto que ficou conhecido durantes os protestos na cidade americana.

O “Mãos para o alto, não atire” ficou conhecido após os protestos pela morte de Michael Brown, um rapaz negro que já estava rendido, mas ainda levou diversos tiros de um policial de Ferguson, que o acusou de reagir. O caso ganhou repercussão internacional e iniciou uma série de debates sobre o preconceito racial que ainda existe na sociedade americana. Na última semana, foi anunciado que o policial não seria sequer julgado pela justiça americana, causando novos protestos em todo o país.

Por estarem no mesmo estado do caso, os atletas do St. Louis Rams adotaram o gesto antes de entrarem em campo e nas comemorações de touchdown. Uma valiosa mensagem para a população de que eles estão atentos aos fatos, ao lado dos moradores que protestam e não toleram mais a violência policial no estado.

Para completar o dia, os Rams foram impiedosos e venceram os Raiders por 52 a 0. Sim, isso mesmo que você leu, 52 (!!!) a 0.

Sem mais artigos