O conhecido “jeitinho brasileiro” está fazendo escola mundo afora. Vários jogadores do futebol inglês, entre eles Wayne Rooney e Gareth Barry, evitam pagar milhões de libras em impostos por meio de um complexo sistema fiscal que lhes permite pagar uma porcentagem muito pequena de sua renda.

É o que revela neste domingo o diário britânico “The Sunday Times”, segundo o qual Rooney, um dos jogadores mais cotados do Campeonato Inglês, deixou de pagar cerca de 600 mil libras (R$ 1,6 milhão) em impostos nos últimos dois anos.

Já Gareth Barry, do Manchester City, não pagou cerca de 135 mil libras (R$ 360.801), acrescenta o jornal.

A porcentagem paga por renda desses jogadores foi em alguns casos de apenas 2%, mas o que normalmente os jogadores devem pagar é de 50%.

Segundo o periódico, o fisco investiga a maneira de impedir esta evasão devido ao alcance que este problema tem.

Outros jogadores que conseguem pagar uma baixa porcentagem de impostos são Ashley Cole, Rio Ferdinand, e Michael Owen. 

Sem mais artigos