A Federação Inglesa de Futebol suspendeu por quatro jogos o zagueiro John Terry, do Chelsea, acusado de ter proferido insultos racistas ao também zagueiro Anton Ferdinand, do Queens Park Rangers, em jogo do Campeonato Inglês, na última temporada.

O jogador também foi multado em 220 mil libras. Segundo a entidade, Terry “utilizou linguagem abusiva ou insultante”, ao se referir a cor ou a raça do rival. Em junho, o atleta foi absolvido em um tribunal britânico pelo mesmo caso.

A punição acontece depois de uma longa investigação realizada após o julgamento, a pedido da promotoria e dos representantes legais de Terry”, afirmou a Federação.

O zagueiro, que já havia perdido o posto de capitão da seleção, anunciou no domingo que não deseja mais vestir a camisa do ‘English Team’, devido à investigação do órgão que rege o futebol inglês. O jogador tem duas semanas de prazo para recorrer.

Desde o incidente, ocorrido no dia 23 de outubro de 2011, no estádio Loftus Road, a Federação Inglesa divulgou que faria uma investigação contra Terry.

No ano passado, o atacante uruguaio Luis Suárez, do Liverpool, foi suspenso por oito jogos e recebeu multa de 40 mil libras sob a acusação de ter dirigido insultos racistas contra o francês Patrice Evra, do Manchester United.

Sem mais artigos