O desempenho do árbitro escocês Craig Thomson na vitória do Borussia Dortmund diante do Málaga, por 3 a 2, na última terça-feira (09), pela Liga dos Campeões da Europa, deixou a imprensa espanhola indignada com o gol irregular do zagueiro brasileiro Felipe Santana, validado para a equipe da casa aos 47 minutos do segundo tempo, que garantiu a classificação dos alemães para as semifinais.

Na capa do SUR, na edição desta quarta-feira (10), a palavra ‘Roubo!’ é o grande destaque da manchete do jornal espanhol. Incrédulo pela validação do gol impedido do time alemão, o periódico classifica a eliminação do time do brasileiro Julio Baptista como cruel.

“Uma equipe disciplinada não poderia jogar a semifinal da Liga dos Campeões”, desabafou o técnico Manuel Pellegrini em entrevista a publicação espanhola. “Depois que vencíamos por 2 a 1, não houve arbitragem”, completou.

 

Quem também ficou indignado com a atuação da arbitragem foi Joaquín, jogador do Málaga. Para o espanhol, se outra equipe com mais tradição estivesse do outro lado, como o Real Madrid, a situação seria completamente diferente.

“Nós suspeitamos que Platini e todos os que estão lá, porque nós somos o Málaga e não o Madrid. É mais fácil de fazer isso com a gente”, disparou o atleta contra o atual presidente da UEFA.

Sem mais artigos