Segundo informação publicada nesta segunda-feira (28) pelo jornal espanhol As, o atacante Diego Costa, do Atlético de Madri, está decepcionado com a pressão feita por Felipão, que na última sexta (25) antecipou sua convocação com o argumento de que é preciso tempo hábil para conseguiur o visto para atuar nos Estados Unidos, e que por isso fará um comunicado à CBF e à Fifa confirmando que escolheu a seleção espanhola para atuar.

A publicação enfatiza que o argumento dado por Felipão não é verídico, pois Diego Costa tem passaporte espanhol, devido sua nacionalidade espanhola obtida em julho deste ano, e pode usá-lo normalmente para entrar nos Estados Unidos via uma trâmite por internet, que deve ser feito com 72 horas de antecedência.

Além disso, o jornal ainda conta que Diego deu sua palavra ao técnico Vicente Del Bosque de que defenderia a seleção espanhola em uma possível convocação feira por ele. Sendo assim, a decisão já está tomada pelo jogador, conforme noticiado no último sábado (26) (clique aqui e confira).

“Ele não entende por que Scolari lhe impõe tantas travas se foi ele quem naturalizou seu compatriota Pepe quando era treinador de Portugal. A Federação Espanhola respeitará sua liberdade e sua decisão. E Costa quer manter sua palavra”, noticia o As sorbe o artilheiro do Campeonato Espanhol, que no último domingo marcou mais um gol, na vitória do Atlético de Madri por 5 a 0 diante o Betis, chegando a 11 gols na competição.­

Sem mais artigos