Julio César afirmou que permanecerá como goleiro da Inter de Milão até junho de 2014, mas confessou ter recebido ofertas de outros times, como a Roma.

“Decidi que fico no Inter até junho de 2014, quando termina meu contrato com o clube. Não há mais que o falar. Quero que meu nome desapareça das páginas dedicadas às contratações”, afirmou em entrevista publicada nesta segunda-feira (6) pelo jornal esportivo “La Gazzetta dello Sport”.

O goleiro, no entanto, reconheceu que nos últimos meses recebeu ofertas de outros times importantes da Europa, como o Roma.

“É verdade (…), estavam interessados (na contratação)”, explicou Julio César, que insistiu que seu futuro está na equipe dirigida por Leonardo.

Sobre o técnico da Inter, o goleiro afirmou que é “um treinador formidável” e disse que, além de ter conquistado a Copa da Itália, conseguiu “uma vitória ainda mais bela” este ano.

“Ele suportou uma série de ofensas dos torcedores do Milan. Podia ter perdido a cabeça e reagir de maneira errada, mas não deu importância. Ele é tudo menos um traidor”, avaliou Julio César.

Segundo revela o jornal, o goleiro quer permanecer na Inter ao lado de Leonardo porque tem alguns projetos em mente, como voltar a ganhar a Liga dos Campeões com a camisa do time nos próximos anos.

“Quero ganhar do Milan na Supercopa da Itália e voltar a ganhar o ‘scudetto’ (título da Liga italiana). Depois, antes de 2014, quero levantar novamente a Champions”, declarou Júlio César.

Sem mais artigos