A Juventus presenteou o técnico Antonio Conte, em seu retorno ao banco de reservas ‘bianconero’, neste domingo (9), com vitória por 1 a 0 sobre o Palermo, pelo Campeonato Italiano, em dia que o Milan venceu o Torino por 4 a 2, com Robinho marcando um belo gol, o primeiro de sua equipe.

Fora de casa, a ‘Juve’ venceu com gol do suíço Stephan Lichtsteiner, aos quatro minutos do segundo tempo. Com isso, o time de Conte chegou aos 38 pontos, cinco a frente do Napoli, que neste domingo encarará a Inter de Milão, longe de seus domínios.

A partida foi a primeira do treinador no banco de reservas depois de sua condenação por não denunciar partidas suspeitas de combinação de resultados, quando treinava o Siena. Primeiro, Conte pegou “gancho” de 10 meses, que depois foram reduzidos para seis.

Em Turim, o Milan segue subindo na tabela e, com a vitória por 4 a 2 sobre o Torino, chegou sétima colocação, com 24 pontos ganhos. O primeiro gol da partida foi marcado por um golaço de Robinho, que recebeu na área aos 41 do primeiro, deu bela finta em marcador e fuzilou para o fundo das redes.

Naquele momento, o ex-jogador do Santos empatara a partida, já que Santana havia aberto o placar. Nocerino, Pazzini e o artilheiro El Shaarawy fizeram os demais gols do Milan e Bianchi fez o segundo da equipe da casa.

Ainda neste domingo, o Cagliari somou sua quarta derrota em seis jogos, ao perder em casa para o Chievo, por 2 a 0, com gols de Paloschi e Thereau. O mesmo placar aconteceu no duelo de equipes que lutam contra o rebaixamento, com o Pescara saindo como vencedor no duelo contra o Genoa, com gols de Abbruscato e Vukusic.

O Catania despachou o lanterna Siena por 3 a 1. Os argentinos Castro e Bergessio, duas vezes, garantiram a vitória do time visitante no segundo tempo. Rosina, aos 10 minutos de jogo havia aberto o placar para o time de Zé Eduardo, ex-Santos, que não foi relacionado para o jogo.

Sem mais artigos