Foram necessárias pouco menos de 24h para a Portuguesa definir o nome do seu novo treinador para o restante da temporada. Após demitir o técnico Edson Pimenta, a diretoria da Lusa correu contra o tempo e acertou com Guto Ferreira, ex-comandante da Ponte Preta.

Em uma reunião realizada no Estádio do Canindé na noite deste domingo (28) entre o presidente da Portuguesa, Manuel Da Lupa, o vice-presidente do clube, Roberto dos Santos, o empresário de Guto Ferreira e o próprio treinador, ficou acordado o acerto entre as partes até o fim deste ano.

A derrota para o Atlético-PR por 3 a 2, no Canindé, na noite do último sábado (27), foi o fim da linha para Pimenta, que assumiu a Portuguesa na decisão da Série A2 do Campeonato Paulista este ano como interino e efetivado no decorrer do Brasileirão. Com apenas sete pontos conquistados em nove jogos, sendo apenas uma vitória, quatro empates e quatro derrotas (26% de aproveitamento), o treinador não resistiu a pressão e foi demitido.

Com passagens por Noroeste, ABC, Inter de Limeira e Mogi Mirim, Guto Ferreira, que substituiu Gilson Kleina na Ponte Preta no ano passado, será apresentado na Portuguesa já nesta segunda-feira, às 15h, no Estádio do Canindé. A estreia do novo técnico no comando da Portuguesa acontece nesta quarta (31), diante do Criciúma, às 19h30, em casa.

Sem mais artigos